DUBAI
TU PELO MUNDO
POR CAROLYNE ARCHANJO

Quem acompanha a Revista TU desde o começo conhece a Caroline Archanjo. A Carol foi uma das primeiras garotas a estampar a capa da revista, lá na segunda edição há três ano. Por isso, ela tem um lugarzinho especial no nosso coração. E agora ela volta, não para a seção TU é Gata (não que não tenha lugar para ela, que continua linda), mas para escrever para nós como foi a sua viagem a Dubai, a segunda maior cidade dos Emirados Árabes e um dos destinos que têm entrado cada vez mais nos planos dos brasileiros. 

•••

Imagino que Dubai seja um sonho para todo mundo em todas as ocasiões, principalmente no meio das férias do trabalho e faculdade. Conhecer uma cultura é uma realidade muito diferente da nossa é muito bom. Quanto ao voo não consigo nem dizer que é cansativo. Foram 14 horas de voo direto, mas o conforto que a Emirates oferece é surreal. É atenção o tempo todo, refeição a cada 3 horas, poltronas confortáveis, realmente não tem o que reclamar! Saímos de São Paulo por volta da 01h da manhã e chegamos em Dubai por volta das 22h da noite de lá. São 07h a mais de fuso horário, o que foi extremamente cansativo para se adaptar.

O Deserto

Nosso primeiro passeio foi ao deserto. O lugar é maravilhoso, de outro mundo. Fomos em um veículo 4x4, no qual o motorista escolheu uma rota mais cheia de aventura e paramos em diversos lugares para tirar as fotos. No final da tarde, paramos em um lugar típico onde ficam os camelos e os quadriciclos para andarmos. À noite, sentamos em umas mesinhas no chão mesmo para jantar e assistir aos shows de danças típicas deles.

O Dubai Mall

Outro lugar que fomos conhecer foi o maior shopping do mundo, o Dubai Mall. Ele é tão grande que fomos lá em 04 dias diferentes e não conseguimos conhecer tudo. Existe até um aplicativo no celular para te guiar até as lojas, como se fosse um Waze. Lá dentro tem também uns carrinhos para você não precisar andar tanto, principalmente estando cheia de sacolas.

 

Lá você encontra todas as lojas possíveis e imagináveis. Realmente, não passa uma loja na minha cabeça que eu não tenha visto lá ou no próprio aplicativo. Dentro do shopping também há um acesso ao maior arranha-céu do mundo, o Burj Khalifa. Nele, ficamos num local onde fomos recepcionadas com champagne e algumas comidinhas à vontade. A vista é incrível, mas o preço é bem alto. Dentro do shopping também tem um aquário enorme e todo panorâmico. Lá você pode pode ver muitos tipos de animais do mar, fora algumas aves também. E é onde acontece o show das águas, uma das coisas mais lindas que vi por lá. Dentro do aplicativo mostra a programação do show.

Dentro do shopping também tem um aquário enorme e todo panorâmico. Lá você pode pode ver muitos tipos de animais do mar, fora algumas aves também. E é onde acontece o show das águas, uma das coisas mais lindas que vi por lá. Dentro do aplicativo mostra a programação do show.

1/1

As Praias

Dubai é uma cidade muito quente e é banhado pelo mar, logo são várias praias e cada uma tem seu charme. Algumas delas são privativas. Mas outras são abertas ao público e reúnem muitas pessoas para aproveitar e praticar esportes aquáticos.

 

Conhecemos a Sunset Beach, praia onde fica localizado um dos mais luxuosos hotéis do mundo, o Burj Al Arab. Lá é cheio de conchinhas, a água é transparente e tudo é bem seguro. Tem bastante bombeiros por perto e é tudo demarcado o local onde você pode ficar. Quanto a vestimenta na praia não é problema algum. Algumas pessoas ficam olhando sim, mas por ser um lugar turístico é mais tranquilo.

Os Parques

A cidade reúne pessoas do mundo todo e muitas delas vêm atrás de diversão. Por isso, Dubai possui um número incontável de lugares para que pessoas de todas as idades possam se divertir. Visitamos um desses espaços, o Global Village, que é um evento que ocorre apenas de novembro a abril em Dubai. Ele é enorme. Lá dentro tem um parque, que é muito legal por sinal, e diversos pavilhões com o nome de diversos países, onde são vendidas coisas típicas como roupas, perfumes, comidas, decorações etc. O preço é muito justo. Também fomos ao Dubai Miracle Garden, mais um espaço sazonal que funciona só de novembro a abril. É um parque onde tudo é feito de flores. O valor a entrada é muito acessível, inclusive imagino que tenha sido passeio mais em conta que fomos. Ele é todo encantador. Ficam tocando umas músicas bem de parque mesmo e tem um avião da Emirates todo de flor. É incrível.

Também fomos ao Dubai Miracle Garden, mais um espaço sazonal que funciona só de novembro a abril. É um parque onde tudo é feito de flores. O valor a entrada é muito acessível, inclusive imagino que tenha sido passeio mais em conta que fomos. Ele é todo encantador. Ficam tocando umas músicas bem de parque mesmo e tem um avião da Emirates todo de flor. É incrível.

As Baladas

Balada lá é tudo rooftop, nas cobertura dos hotéis. Fomos no Five Palm Hotel. É incrível, porém é extremamente caro. Uma cerveja custa 50 AED, o que dá uns R$55. Mas a vista é incrível e são pessoas bem selecionadas. Fomos em um beach club que se chama Zero Gravity, onde se tem acesso a uma praia incrível. Lá você não precisa se preocupar com nada. Além do preço bom, era TUDO incluso. Todos os tipos de bebida e todos os tipos de comida, até comida japonesa. O tratamento lá é incrível também. Tem até um lugar lá onde você pode tomar um banho pra poder sair de lá tranquilamente para qualquer lugar. 

A Comida

Dubai reúne alguns dos melhores restaurantes do mundo. Fomos ao Nurs-et e é sem comentários. Foi o melhor restaurante que já fui. A carne é surreal. Tem carne de ouro também no cardápio, pois o valor é super alto. Mas é pra ir pelo uma vez para conhecer. Vale a pena! Os atendentes são muito educados e ainda dão comida na sua boca (risos). Geralmente tem fila para entrar, então é sempre bom fazer reserva antes. E como passamos o Natal por lá e queríamos voltar um pouco ao paladar do Brasil, fomos no Fogo de Chão, famosa churrascaria brasileira. A vista de lá é linda, de frente para o Burj Khalifa.

1/1

A Dubai Antiga

Conhecemos a maior moldura do mundo. Sim, lá tudo é o “maior” e “melhor”. Ela é bem interessante porque lá de cima você vê tanto a Dubai Antiga e Dubai Nova. Dubai Nova é o que conhecemos e vemos em todas as fotos que as pessoas postam. Já Dubai Antiga é bem diferente, uma cidade bem antiga é histórica. O mercado do ouro fica localizado em Dubai Antiga e  é enorme. Tem MUITA opção. Sim, é a cidade do ouro mesmo e vale muito a pena comprar ouro lá. O que se paga aqui no Brasil em um brinco de ouro, lá você paga em um brinco de ouro com diamante ainda. Eles dão garantia de todos os acessórios comprados também. Logo na entrada tem o maior anel de ouro do mundo que fica exposto e tem vários seguranças dentro da loja responsável por ele.

Uma passa em Abu Dhabi

No último dia, deixamos para realizar a minha maior vontade que era conhecer Abu Dhabi, a capital do Emirados Árabes. Ela fica a mais ou menos 1h30 de carro de Dubai e é onde fica o Ferrari World, um parque dedicado à marca italiana e que abriga a montanha russa mais rápida do mundo. Lá tem várias exposições de carros e uma lojinha para comprar as coisas deles.

Aproveitamos para conhecer a mesquita mais linda de lá, a Sheikh Zayed Grand Mosque. Encantadora, ela é perfeita. Ali eles são bastante criteriosos, temos que entrar de burca e véu na cabeça. Às vezes o meu véu escorregava e o segurança vinha até mim para pedir pra eu arrumar. Mas é incrível e linda demais. De final para podermos passar por umas emoções, acabamos perdendo o voo porque a Emirates é bem criteriosa e rígida com horários, eles fecham o portão bem antes do avião sair, para que não haja nenhum atraso de horários. 

DICAS

• Peçam tax free em tudo. A única loja que fomos que eles não aceitou foi a Apple Store.

• Outra coisa importante, negociação. Eles expõem as coisas por um valor e se você conversar, eles chegam a abaixar pra mais da metade do valor

• Quanto a vestimenta, não tem muita burocracia, mas não é legal andar com outra muito justa, curta e decotada, porque eles acabam não respeitando você.

© 2016 by Revista TU