bg_comeu2.jpg
TU COMEU II
REVO MANUFACTORY
SANTOS/SP

“Aquilo deu nisso”. Pois esta é a frase escrita na parede externa do Edifício REVO. Nunca uma frase conseguiria definir melhor o que aconteceu com a REVO. Um sonho de amigos de revolucionar o jeito das pessoas beberem café, virou um espaço speakeasy na garagem de uma casa que só abria aos finais de semana e se transformou em um prédio com um dos espaços mais bacanas da cidade. Quem iria imaginar?

O espaço cresceu, mas o conceito continua o mesmo. Na REVO, quase tudo que é servido ali é produzido na casa (ou no prédio), nos dois pavimentos superiores do prédio, onde ficam as cozinhas de produção, confeitaria, estoque e vestiário. No primeiro pavimento, o cliente encontra um espaço com a padaria e seus pães lindos e deliciosos. Também há um espaço com empório (com vinhos, cervejas e outros produtos) e a cafeteria, onde o cliente pode pedir sanduíches, lanches e, claro, ótimos cafés. E no fundo, há uma área ampla com telhado de vidro onde são servidos os almoços e jantares. Pois sim, a REVO saiu só do café e do brunch para servir almoço e jantares com direito a pizzas!

Por isso, para escrever sobre a casa, pensei de um jeito diferente. Por que consumir só uma refeição de eu posso experimentar todas? Aproveitei que a REVO é aqui perto da minha casa e pedi coisinhas para lanche da tarde, um almoço e pizzas no jantar. E foi tudo muito bom! Lógico que pedi em dias diferentes, mas dá para imaginar como seria passar o dia inteiro comendo na REVO. Então, vamos começar pelo lanche. Pedi um sanduíche de Rosbife (rosbife de wagyu, picles e queijo padrão na focaccia). Que delícia! Cada mordida é mais saborosa que a outra. Também compramos um Blondie (que seria uma versão “As Branquelas” do brownie). Com uma textura parecida com brownie, a massa leva baunilha, gotas de chocolate, frutas vermelhas e limão. Arrisco a dizer que com sorvete de creme, ficaria animal! Em outro dia, experimentei o almoço. Estava numa pegada de comer uma coisinha bem caseira, afinal sabe como é o isolamento, a gente quer algo que alimente o coração. Por isso, pedi um Arroz de Sítio (arroz molhadinho com frango caipira, milho na brasa e quiabo). Me senti na roça! Também pedi uma Eclair de chocolate. Eclair, pra você que não sabe, é o nome chique para bomba, mas essa daqui chutou o bumbum de muita bomba mequetrefe que tem por aí. Massa crocante e chocolate mesmo. Alegrou o dia. E para fechar, esperei um dia para experimentar a pizza deles. Bom, a expectativa era altíssima, afinal, eles mandam muito bem na arte de fazer pães e pizza tá logo ali. E as expectativas foram cumpridas com louvor. Pedi uma REVOperoni (salame picante, rúcula e mel) e uma Ora pois! A tal da portuguesa (uma versão da casa para a clássica pizza portuguesa). A primeira é sensacional. O salame tem gosto de salame e é apimentado na medida certa, com a rúcula e o mel equilibrando tudo. E a portuguesa gourmetizada é outro espetáculo. O destaque fica por conta do ovo mollet. Putz, até babei! Fechou a minha trilogia alimentícia com chave de ouro.

E eu só arranhei a superfície. Tem muito mais coisa para experimentar na casa. E, em tempos de pandemia, eles também atendem no delivery. É só acessar o perfil deles para conferir. Mas quando tudo isso passar, vale a pena dar um pulo e conhecer o espaço deles in loco. São poucos lugares em Santos com esta pegada e arrisco me dizer que é um pico que não fica devendo para muito lugar metido à besta de São Paulo. 

Av. Dr. Epitácio Pessoa, 737

Ponta da Praia - Santos/SP

 

  • Instagram
Arroz de Sítio
REVOperoni
1/1